quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Ahhhhhh, primavera!!

Amados, eis que Setembro chegou.
E com ele fragrâncias de flores e terra molhada.
Isso em um lugar onde chove, coisa que não acontece aqui na minha terra. Devido ás queimadas.
E Setembro trás também lembranças de uma vida plena que um dia eu tive ao lado Dela.
Setembro, mês que sempre fazia florescer uma orquídea num pé de abacate no fundo do quintal de casa.
Parecia que até mesmo uma planta sabia desta data, o aniversário Dela.
Salve 06 de Setembro.
Ela se foi, junto Dele, num dia chuvoso, escuro e silencioso.
Deixou espaço que nunca será preenchido, mas que com o tempo há de se doer um pouquinho menos.
Setembro!!!!
O que faremos do feriado longo em que sempre passávamos juntos naquela casa?
Casa que sempre esteve aberta para receber os parentes, amigos de longa data ou mesmo aqueles que chegaram agora. 
Chegar naquela casa, no fim de uma manhã, encontrar um certo senhor numa cadeira de balanço, lendo sua revista e por um instante ver um lindo sorriso em seu rosto. E depois,um pouquinho mais atrás,  ver chegando Ela, aquela mulher com seu perfume inesquecível, sorrindo genuinamente de felicidade, vir receber seus Filhos amados na porta do atelie.
07 de Setembro, passou a ser só mais feriado, sem que Ela esteja por perto para nos fazer sorrir ou mesmo só nos olhar, de longe.
Setembro, mês da primavera, coisa que você sem perceber sorri só de lembrar.
É assim com Ela, minha Mãe.
Saudades.....
Da sua filha caçula, 
Silvinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário